24 de mar de 2010

O que há com as pessoas ?

O que há com as pessoas ?
Falta de pensamento no todo; 
Ou sobra de pensamento em sim mesmo ?

O que há com as pessoas ?
Pessoas morrem por falta de assistência
E ela preocupada se a calça nova ficou certa no corpo
E ele preocupado com o perfume importado...

O que há conosco ?
A água do mundo seca 
E o jardim da sua casa permanece sempre úmido
A fonte da praça jorrando.

Onde estão as boas maneiras e a boa educação dos colégios particulares ?
O lixo no chão
A falta de gentileza
A falta atitude
A falta alimentos
A sobra de egocentrismo

O que há com as pessoas ?

20 de mar de 2010

Menino

Vamos meu menino;
Enxugue suas lágrimas 
E me dê suas mãos
Me siga, tenho um presente pra você

Vamos meu menino.
Não chore mais.
Sorria e olhe pra mim.

A vida vai passar,
venha ver seu presente.
Me dê suas mãos.
Ponha suas mãos em mim
E sinta

Vamos meu menino
Não chore mais
Te dei meu presente.
Sinta-o pulsando sob meu peito.
Vamos meu menino, seque suas lágrimas
Seu presente pulsa
Por ti.

3 de mar de 2010

Agradecimento

Peço licença para que possa prestar agradecimentos a alguns amigos que tanto me ajudam ao longo da vida.


A Deus que me dá e  sempre me deu oportunidades de melhorar e agradecer, de receber e doar. Obrigado.


Ao meu Anjo de Guarda, que nunca sai do meu lado, me protegendo, me guiando  e acompanhando a todo momento.


A Pai Chico, agradeço as palavras doces e por me ensinar que derramar lágrimas não é sempre um bom negócio.


A Pai Joaquim de Angola, meu muito obrigado por me lembrar que existem pessoas que me amam e que ficam felizes em me ver sorrir, mesmo que eu não as sintas as vezes.


A Vovó Benedita, que me ampara sempre com sua luz, me guia e me mostra que ainda preciso aprender sempre, sempre mais e mais.


A Pai Mané, obrigado por me acalentar quando meu coração estava acelerado e angustiado.


A Pai Benedito, pelas palavras doces e pelo carinho, pela sabedoria e força.


A Vovó Catarina, que secou minhas lágrimas e me consolou quando eu me sentia sozinho.


A Cigana Madalena, que me ajudou a juntar os cacos do meu coração quando quebraram ele, que me ajuda sempre a encontrar meu equilíbrio.


Maria Mulambo, seu sorriso me contagia e cuida dos meus passos; obrigado.


Maria Rubra, liberdade não se consegue no grito, obrigado por me lembrar disso e pelos puxões de orelha.


Exu Sete Porteiras, obrigado pelo incentivo.


Exu Tranca Ruas, obrigado pelas palavras amigas, pelos ensinamentos e ajuda constante.


Vovô José, pela saúde, obrigado sempre.


Vovó Cambinda, obrigado pela proteção e sabedoria que compartilha comigo.


Cigana da Estrada, obrigado pelas palavras alegres, gentis e pelas lembranças !


Maria Padilha, obrigado pelos votos de felicidade e pelas palavras sábias.

Exu Tiriri, o que seria do meu desdobramento sem a sua proteção. Obrigado

Caboclo Pena Branca, obrigado pela proteção na hora em que mais nada eu conseguia fazer além de chorar.


Caboclo Uirapuru obrigado plos ensinamentos; oração no lugar de preocupação.


Caboclo Tupiajara, pelos abraços fortes e ensinamentos que jamais esqueço.


Caboclo Pantera, obrigado pelas explicações de coisas que eu demoraria muito pra entender sem sua ajuda.


Vovó Joaquinam obrigado por me ajudar sempre, por sempre ter um abraço pra me dar e sempre me ajudar a descendar segredos antigos, enterrados dentro de mim.


Malandra Rosa, por se disponibilizar sempre a me ajudar.


Caboclo Girassol, pelas palavras certas, nas horas certas.


e a todos os outros amigos, meu muito obrigado por qualquer coisa, por toda ajuda, por toda força, por toda graça e companhia !